Estudantes da Missão País organizam espetáculo solidário em prol de Moçambique

Cerca de 50 estudantes da Universidade Católica Portuguesa no Porto estiverem em Baião no início de fevereiro, nas missões Universitárias, integradas no Projeto Missão País. Inspirados no tema "E se conhecesses o dom de Deus?", os estudantes organizaram uma peça de teatro que foi apresentada no final da missão, mas também no dia 13 de abril na Universidade Católica no Porto.

 

A Missão País é um projeto católico que organiza em várias faculdades de Portugal, passando pelo Porto, Lisboa, Coimbra e Évora uma semana de voluntariado e apostolado entre o 1º e o 2º semestre. Este ano realizaram-se 55 Missões em 46 faculdades diferentes. “Durante a semana, inspirados num tema anual (este ano "E se conhecesses o dom de Deus?") os missionários dividem-se em grupos mais pequenos – comunidades – e fazem-se à estrada! Põe-se ao serviço em diversas instituições (lares, hospitais, escolas, ATL’s, Santa Casa da Misericórdia, entre outros). Vão também “porta-a-porta”, em pequenos grupos, visitar casas de pessoas com o intuito de conversar, escutar, ajudar as pessoas nas suas tarefas diárias ou simplesmente fazer companhia!”

 

 

Testemunhos da Missão deste ano:

“Pensei em não me inscrever e até ponderei desistir. Mas ainda bem que arrisquei em "conhecer o dom de Deus" durante a semana da Missão País 2019, uma vez que "o conforto está no desconforto, assim como a luz está no meio do escuro". Os nossos dias eram preenchidos com momentos de oração, serviço à Comunidade de Baião e o convívio entre o grupo de missionários. Tudo era partilhado e tudo era vivido intensamente, de tal forma que, "comer barritas de cereais todos os dias" e dormir no máximo quatro horas por noite era algo secundário. É inexplicável a forma de como o Padre Bráulio nos abraçou, ou o lanche preparado com tanto carinho pela D. Laurinda no "porta a porta", ou o acolhimento ternurento dos meninos e funcionários do CAO de Mesquinhata, ou as pipocas da D. Manuela (as melhores do mundo!), ou até mesmo o espírito de grupo que se criava após o jantar. Sinto-me "grata" por tanto ter amado e servido durante esta semana, e, segundo o nosso hino, estar agora no "início de uma vida".

Ana Bárbara Machado

 

“Uma lição de vida para mim. Aprendi sobre realidades completamente diferentes do que vejo no dia-a-dia, desde pobreza extrema a alunos de nono ano a quererem desistir da escola pois pensam que já não há quem acredite neles. Apesar disso consegui formar amizades com alunos do ensino secundário que já tem um futuro planeado apesar das adversidades que lhes foram apresentadas.”

António Leão

 

“Para mim a missão pais foi mais uma prova de que apenas saindo das nossas zonas de conforto nos podemos sentir verdadeiramente confortáveis.”

Tomás Pacheco

 

 

Abril 2019